'Mãe, eu formei!': Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO

  • 03/03/2023
(Foto: Reprodução)
Vídeo já soma mais de 2 milhões de acessos em redes sociais. Caso aconteceu em Varginha, no Sul de Minas. Aos 78 anos, idoso realiza sonho e recebe diploma de curso superior em MG Um momento para ser vivido e compartilhado. Seo Beto, de 78 anos, ganhou as redes sociais esta semana ao viralizar em um vídeo emocionante junto com a mãe dele, de 97. A ocasião foi registrada logo após a cerimônia de colação de grau dele na faculdade. Compartilhe pelo WhatsApp Compartilhe pelo Telegram Cinco dias após a publicação, o vídeo soma mais de 2 milhões de acessos em redes sociais. O caso aconteceu em Varginha (MG) e ganhou grande destaque na quarta-feira (1º), após uma publicação feita pelo apresentador Luciano Huck. Initial plugin text Na gravação, ele aparece indo até a mãe, Dona Geralda, vestido com beca, capelo e com diploma em mãos. Naquele momento, tudo o que importava era que celebrassem juntos. O que Seo Beto não esperava era que, além da família, muitas outras pessoas comemorariam esse momento com ele. A formatura foi no sábado, mas só na segunda-feira (27) que a neta, Thamires Reis, decidiu publicar o vídeo nas redes sociais como uma forma de homenagem. Naquela noite, antes de dormir, ela deu uma conferida e cerca de 300 pessoas tinham visto a publicação. Entretanto, a surpresa veio mesmo logo pela manhã. “Quando eu acordei, estava com 520 mil visualizações. Agora, já vai bater os 2,2 milhões. É muita coisa! Tanto que assusta a gente”, conta Thamires. LEIA TAMBÉM Vira-lata que dormiu e dançou com artistas no carnaval do Recife ganha nova família Siamesas separadas em hospital de Goiânia recebem alta 51 dias depois de cirurgia Seu filho tem razão: ele acorda muito cedo! Saiba por que as aulas deveriam começar depois das 8h30 “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Júlia Reis/g1 Orgulho em dobro Cheio de energia, Sebastião Roberto dos Reis, o Seo Beto, tem muita história para contar. Ele trabalhou por pelo menos 25 anos na área de contabilidade e, anos depois, o filho seguiu estudos nesse mesmo ramo. “Eu sinto a realização de um sonho que estava escondido há muito tempo”, relata. Aos 78 anos, idoso realiza sonho e recebe diploma de curso superior em MG Em meio à pandemia, aos 76, ele iniciou no curso de graduação em Gestão Financeira, na modalidade de educação à distância. A ideia foi do filho, Dimas Reis, que também é professor e foi quem fez a matrícula do pai sem que ele soubesse. A intenção era aliviar a tensão que Seo Beto sentia por conta da pandemia, por isso, o incentivo veio para “ocupar a cabeça do pai”. De pai e filho, para aluno e professor: orgulho em dobro para a família. Após dois anos, finalmente o grande momento. Ele recebeu o diploma direto das mãos do filho, em um teatro lotado de colegas, professores e familiares. Mas ainda faltava alguém ali. Mesmo com muita vontade de ter a mãe por perto naquele dia, Beto entendia que a saúde dela andava um pouco fragilizada nos últimos tempos. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Divulgação/Grupo Unis Um encontro, uma emoção única “Mãe, eu me formei! A senhora não foi lá, mas eu vim aqui!” Na intenção de despertar a atenção, Beto desce a rua de casa chamando por Dona Geralda, com a voz embargada de emoção. Uma exceção foi aberta para uma quebra de protocolo. Ele conseguiu autorização para ir até a mãe, usando beca e com diploma em mãos, para dar a ela o gosto de vê-lo concluindo uma etapa tão importante na vida. Foi aí que a surpresa começou. Dona Geralda concordou em esperá-lo toda arrumada para tirar uma foto e ter como lembrança. A mãe nem fazia ideia de que veria o filho em trajes de formatura. Entre lágrimas e sorrisos, ela relembra aquele abraço como se fosse ontem. “Meu filho, você se formou! Que beleza, que emoção”, conta. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Reprodução Ela diz que sempre incentivou os estudos, mas que antes, ainda existia um receio. Dona Geralda tinha medo de não conseguir vê-lo concluindo o ensino superior por conta da idade avançada. Seo Beto tranquilizou a mãe. Se dependesse dele, ela veria sim o filho realizar este sonho. E foi assim que aconteceu. Dona Geralda não só viu, como participou do momento da forma que conseguiu, recebendo o filho em um momento emocionante, assim como eles planejaram juntos. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Júlia Reis/g1 Família reunida, nos estudos e na vida Com tanto suporte dos familiares, não houve empecilhos para Vô Beto durante os estudos. Na hora das dúvidas, além do filho que já era seu professor, o restante da família também estava ali. Uma forcinha aqui, um empurrãozinho ali. Seja para relembrar fórmulas matemáticas ou até mesmo aprender a lidar com a tecnologia: a neta Déborah, de 18 anos, e o bisneto João Pedro, de 13, foram fundamentais nesse trajeto. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG Júlia Reis/g1 “Ele sempre nos criou muito bem, deu todo o respeito e carinho. Passar um pouco do nosso aprendizado pra ele foi muito bom e gratificante”, conta a neta. Quanto a tecnologia, o bisneto João é quem garantia que tudo desse certo. Morando pertinho dele, em poucos minutos chegava à casa dos bisavós para resolver qualquer problema que surgisse durante o dia. “Ele tinha dificuldades. Às vezes o computador desconectava da internet, a caixinha de som, monitor, fios; tinha hora que ele não conseguia conectar. Ele me ligava, eu descia e explicava pra ele. Coisa que era simples, mas ele não sabia direito”, diz João Pedro. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Júlia Reis/g1 Por fim, o apoio da esposa também fez diferença. Com a Dona Selma já são 54 anos de cumplicidade, um sendo ponto de apoio do outro, do início ao fim. Com orgulho, ela conta como foi ver o marido enfrentando novos desafios. “Ele foi levando com muita responsabilidade mesmo. Não gostava de tirar nota ruim. Fazia questão de falar para todo mundo: ‘eu estou fazendo faculdade’. Era elogio atrás de elogio”, relembra, sorrindo. Perseverança que inspira Para Beto, o importante é ter conhecimento para oferecer à família e, assim, inspirar os netos e bisnetos. Ele ressalta que “o estudo é a melhor herança”. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG Júlia Reis/g1 Mesmo sem imaginar que pudesse acontecer e ainda contra vontade, ele aceitou o desafio de voltar à ativa. A oportunidade de concluir essa graduação deu a ele, além de um novo olhar para a vida, novas habilidades e desejos. “Não imaginava. Eu tinha certeza que não ia ter um curso superior, mas agora tenho.” Feliz pela trajetória que cumpriu nos últimos dois anos, agora, o que não falta é motivo para festejar e sonhar cada vez mais. “Nunca é tarde para realizar um sonho”, finaliza o recém-formado. “Mãe, eu formei!”: Idoso viraliza ao ir até mãe, de 97 anos, usando beca e com diploma em MG; veja VÍDEO Arquivo pessoal VÍDEOS: mais assistidos do g1 Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

FONTE: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2023/03/03/mae-eu-formei-idoso-viraliza-ao-ir-ate-mae-de-97-anos-usando-beca-e-com-diploma-em-mg-veja-video.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes